Revestimento de Fachadas - Tecnologia e Patologia

Revestimento de Fachadas - Tecnologia e Patologia


REVESTIMENTOS DE FACHADAS - Tecnologia e Patologia

Prevenção, inspeção, diagnóstico e correção de manifestações patológicas

1 - APRESENTAÇÃO

Os estudos indicam que os problemas com revestimentos são os maiores causadores de custos pós-obras, quase sempre de elevada monta e que trazem sérios riscos de acidentes, não raro com danos pessoais.

Na maioria dos empreendimentos os revestimentos carecem da elaboração de um projeto específico e adequado, sem levar em conta os elementos que interferem no processo e sem atender e respeitar as características físicas e tecnológicas dos materiais que compõem estes revestimentos. Também são executados de forma deficiente, sem controle adequado na seleção e recebimento de materiais, na preparação e na execução dos serviços de acabamento final.

No caso dos revestimentos de fachada, o resultado disso é a sua baixa qualidade e desempenho insatisfatórios, sem terem condições de atender às expectativas de funcionalidade inerente a este tipo de sistema. E o pior, as empresas construtoras estão pagando um elevadíssimo preço por isso, não só financeiro como das suas imagens perante o cliente e o mercado. 

Este curso propicia aos participantes a oportunidade de conhecer os avanços e as melhores técnicas e práticas para a elaboração da especificação, execução, inspeção e aceitação de revestimentos argamassados e cerâmicos. Também serão abordados temas como a prevenção, o diagnóstico das principais manifestações patológicas e as ações de recuperação e manutenção.

2 - Objetivos

Estudo da sintomatologia de fissuras e ocorrência de anomalias nos sistemas de vedação em alvenaria em edifícios, vedações leves e pesadas e revestimentos de fachadas (argamassas inorgânicas, monocamadas e placas cerâmicas), assim como a determinação das suas prováveis origens e critérios que poderão ser adotados na recuperação destas anomalias e como evitá-las, e com objetivo de:

       Identificar aos principais fenômenos patológicos, suas causas e origens, com base nas normas técnicas brasileiras e aceitos no meio técnico;

       Estudar os Sistemas e materiais de recuperação;

       Identificar os principais aspectos que devem constar no projeto (projeto do produto e projeto para produção);

       Fornecer do sistema de execução, controle e determinação da qualidade da execução e critérios de aceitação em alvenarias de vedação externas e revestimentos de fachadas;

       Analisar estudos de casos vivenciados em obras.

O curso também abordará a questão de fenômenos patológicos em revestimentos de piscinas revestidas com placas cerâmicas, envolvendo as técnicas construtivas e projeto de produção destes revestimentos..

3 - publico alvo - a quem se destina

Engenheiros, arquitetos, administradores, tecnólogos, técnicos, planejadores, gestores de projetos, auditores e fiscais de obras, e outros profissionais e estudantes de qualquer área, interessados na realização de diagnósticos, prevenção e implementação de soluções no campo das não conformidades nos revestimentos.

4 - programa - ROTEIRO DO CONECIMENTO

FENÔMENOS PATOLÓGICOS EM SISTEMAS DE VEDAÇÃO LEVE E REVESTIMENTOS DE FACHADAS:

1 - INTRODUÇÃO DO CURSO

2 - PATOLOGIA EM REVESTIMENTOS DE ARGAMASSAS INORGÂNICAS DE FACHADAS: 

2.1 - Introdução.

2.2 - Tipos, entrega, classificação e uso das argamassas de revestimentos em obra;

2.3 - Fissuração das argamassas de emboço em fachadas;

2.3.1 - Fissuras mapeadas em revestimentos de emboço;

2.3.2 - Fissuras geométricas em revestimentos de emboço/cerâmico por falhas e/ou movimentações de base – 15 tipologias de sintomatologias em vedações e revestimentos.

2.4 - Deterioração química da argamassa de emboço;

2.4.1 - Vesículas;

2.4.2 - Empolas;

2.4.3 - Pulverulência;

2.4.4 - Reações expansivas pelo emprego de gesso em argamassa;

2.4.5 - Tipos, fabricação e deficiências da cal nas argamassas;

2.4.6 - Uso de cimentos inadequados ao tipo de execução;

2.5 – Sugestões de procedimentos e materiais de recuperação;

2.6 – Estudos de casos.

3 - EXCELÊNCIA NA EXECUÇÃO DO SISTEMA DE REVESTIMENTO
para minimizar a ocorrência de patologias, envolvendo projeto de produção de revestimento de fachadas, controle e a execução do sistema de revestimento.

4 – CONTEÚDO NÃO APLICÁVEL

5 - ENSAIOS PARA O ATENDIMENTO À NORMA ABNT NBR 15575/2013 requisitos: Parte 4 - Sistemas de vedações verticais internas e externas – SVVIE. 

6 - CUIDADOS ESPECIAIS PARA A OBTENÇÃO DA EXCELÊNCIA:

6.1 – Projetos de vedação;

6.2 – Requisitos e procedimentos executivos das alvenarias de vedação no canteiro;

6.3 – Ensaios tecnológicos de aceitação dos blocos e argamassa de assentamento de alvenarias de vedação. 

7 – PATOLOGIAS EM FACHADAS COM VEDAÇÃO PESADA:

7.1 – Patologia em fachadas com vedação em PPCA (Painel Pré-fabricado de Concreto Arquitetônico);

7.2 – Patologia em fachadas com vedação em GRCF (Glass Reinfored Concrete Fiber). 

8  - PATOLOGIAS EM SISTEMAS DE REVESTIMENTOS DE PISCINAS..

5 - metodologia

Exposição interativa na apresentação de conceitos e práticas, com uso farto de imagens e discussão de casos reais para melhor compreensão dos temas por parte dos participantes.

6 - instrutor

Engº Civil ALEXANDRE TOMAZELI, M.Sc.

Engenheiro Civil - UNIP-OBJETIVO 1993 - SP; Mestre em Habitação: Planejamento e Tecnologia - IPT – SP, área de Concentração em Tecnologia das Edificações – 2017; Especialista Latos Senso em Edificações: Longevidade e Excelência e Anomalias pela Universidade Mackenzie –2006 e Patologia e Terapia do Concreto – FDTE/POLI-USP - 1995; Professor da Escola de Graduação em Engenharia Civil da Universidade Mackenzie – período de 2011 a 2015; Professor em curso de pós-graduação nas disciplinas de Patologias em Estrutura de Concreto Armado do curso de Pós-graduação de Engenharia de Perícias e Avaliações – IBAPE-SP/MACKENZIE e da disciplina de Tecnologia de Execução de Estruturas de Concreto do curso de pós-graduação Edificações: Longevidade, Excelência e Anomalias Construtivas da UNIVERSIDADE MACKENZIE; Professor em cursos de pós graduação nas disciplinas de Patologias em Alvenarias de Vedação e Revestimentos em Argamassa e Placas Cerâmicas a) no INSTITUTO IDD, no Curso de Pós-graduação em Patologia das Obras Civis - São Paulo, Curitiba e Florianópolis e na b) UNISINOS - RS no curso de Pós Graduação em Patologia das Construções; Ministrante de cursos livres nos cursos de Patologia e Terapia de Estrutura de Concreto de Edifícios, Patologia e Terapia em Vedações e Revestimentos Externos no IBAPE-SP e IBAPE-SC; Autor do livro ESTRUTURAS PARALISADAS DE CONCRETO ARMADO DE EDIFÍCIOS – Inspeção, Análise e Aceitação, editora LEUD. Sócio diretor técnico da TOTEN - Tomazeli Tecnologia e Engenharia Ltda - www.toten.eng.br..

8 - AGENDA, INVESTIMENTO E DESCONTOS

Agenda, valor da inscrição, forma de pagamento e descontos: veja no informativo em PDF, no alto da coluna à direita. 

9 - INSCRIÇÕES ONLINE

Acesse o link INSCRIÇÃO ON-LINE ou clique no botão abaixo para fazer sua inscrição online. Aguarde a confirmação da(s) inscrição(ões) e as instruções para o pagamento. Se não receber resposta em 48 horas, contate-nos por telefone ou WhatsApp.

baixe inscr doc 


11 - CONDIÇÕES PARA ACEITE DAS INSCRIÇÕES

1. Cancelamento de inscrição: para cancelamento da inscrição é necessária a comunicado expressa com no mínimo 05 (cinco) dias úteis de antecedência da data do curso. Caso o cancelamento não seja efetuado nesse em tempo, a Organização ou participante Pessoa Física terá direito a uma Carta de Crédito no valor de 80% da inscrição efetuada, com validade de 12 (doze) meses, para participação em um próximo curso. O não comparecimento ao curso, sem o prévio cancelamento da inscrição, não dá direito ao reembolso do valor pago.

2. Substituição de Participante: será aceita a substituição do inscrito por outro até 24 horas antes do início do Treinamento. 

3. Cancelamento do treinamento: à Visão Educacional reserva-se o direito de alterar a data ou cancelar o evento objeto da Inscrição, por motivo de força maior ou quando não atingir o número mínimo de participantes necessário à sua realização. Neste caso, os valores pagos serão imediatamente devolvidos.

4. Reembolso de despesas: a Visão Educacional não se responsabiliza pelo reembolso de despesas - passagens, hotéis e qualquer outra - feitas pelo inscrito antes da confirmação formal da realização do curso ou treinamento. 

5. Declaração e Autorização: ao fazer a inscrição do participante, a Pessoa Física ou Jurídica declara estar de acordo com as condições acima e autoriza a emissão da Nota Fiscal de Serviço correspondente, no ato da confirmação da inscrição e da realização do curso ou treinamento por parte da Visão Educacional, a ser enviada por meio eletrônico.

Agenda - Revestimento de Fachadas

VIA VIDEOCONFERÊNCIA
EM SUA CASA OU ESCRITÓRIO

Data: em agendamento. Consulte!
Horário: 18:30 às 22:30 horas.
Duração: 16 horas-aula.

Local: em sua casa ou escritório.



Mais Informações

São Paulo: (11) 2626-1674
Florianópolis: (48) 3181-0275
Porto Alegre: (51) 2626-5745

WhatsApp:
(27) 9-8805 9668

Mande-nos uma mensagem

Entidades Parceiras

BAHIA

SINDUSCON-BA - CREA-BA - MÚTUA-BA - SENGE-BA - CRECI-BA - IAB-BA - CLUBE DE ENGENHARIA - AJE-BA -ABENC-BA - SECOVI-BA - SINARQ-BA - CAA-BA - OAB-BA - ADEMI-BA - CAU-BA - SINDIMÓVEIS-BA - SINAENCO-BA - AREA - APAFS

BRASÍLIA

SENGE-DF - CREA-DF - ADEMI DF - SECOVI-DF - ASBRACO - SINDUSCON-DF - OAB-DF - CRECI-DF - SINAENCO-DF - MÚTUA-DF - SINARQ-DF - CAU-DF - SINDIMÓVEIS-DF

ceará

MÚTUA-CE - CREA-CE - SINAENCO - CAA-CE - AJA-CE - SINDIMÓVEIS-CE - AsBEA-CE - CRECI-CE - IAB-CE - CLUBE DE ENGENHARIA - ABENC-CE - CRECI-CE - CEC - Clube de Engenharia

ESPÍRITO SANTO

CREA-ES - SEE - SINDUSCON-ES -SINDICIG Guarapari - ADEMI-ES - SENGE-ES - SINDIMÓVEIS-ES - REDE NETIMÓVEIS - SINDARQ-ES - IAB-ES - SINAENCO-ES

GOIÁS

SINDUSCON-GO - ADEMI-GO - CRECI-GO - SECOVI-GO - CAU-GO - CREA-GO - MÚTUA-GO - SENGE-GO - SINDIMÓVEIS-GO - SINAENCO-GO - CENG - AGE

PARANÁ

SINDUSCON-PR - SENGE-PR - IAB-PR - CAU-PR - SINDARQ-PR - AEANOPAR - ASBEA-PR - ABENC-PR - IE do PR - AEAAG - AEAA Rio Negro - AEA São José dos Pinhais - SINAENCO-PA

RIO DE JANEIRO

CREA-RJ -SENGE-RJ - CRECI-RJ - OAB-RJ - ABENC-RJ - ADEMI-NI - SINDUSCON-RJ - SINDUSCON-SF

RIO GRANDE DO SUL

SINDUSCON-RS - SECOVI-AGADEMI - CREA-RS - SENGE-RS - IAB-RS - OAB/CAA-RS - SINDIMÓVEIS-RS - SINDUSCON NOROESTE - SINDUSCON PASSO FUNDO -  SINDUSCON NOVO HAMBURGO - SINDUSCON RIO GRANDE - AEAA REGIÃO CENTRO SUL - AEAAQG DE CAXIAS DO SUL - CRECI-RS - SAERGS - ASAERMAU - ASERMAU - ASEAC - AEARV - AGADIE - SEMIRGS - ASCON Vinhedos - AAI-RS - SINAENCO-RS

SANTA CATARINA

CREA-SC - SENGE-SC - CRECI-SC - OAB/CAA-SC - SINDUSCON-FPOLIS - SINDUSCON JOINVILLE - SINDUSCON COSTA ESMERALDA - SINDUSCON CHAPECÓ - SINDUSCON BLUMENAU - SINDUSCON CRICIÚMA - SINDUSCON LAGES - SINDUSCON ITAJAÍ - SECOVI BLUMENAU - SECOVI NORTE JOINVILLE - SINDIMÓVEIS-SC - IAB-SC - AsBEA-SC - SINAENCO-SC - ABENC-SC - ACE - CAU-SC - AEVC - AEAO - CEAJ - AREA - SECOVI CRICIÚMA - AJECI - CLUBE DE ENGENHARIA - AEAJS - SINDUSCON BRUSQUE - CASA DO ARQUITETO - IAB-SC Núcleo de Criciúma - AEAVI - ASCEA

SÃO PAULO

SINDUSCON-SP - CREA-SP - MÚTUA-SP - SINAENCO - AsBEA-SP